Início » Como evitar infiltrações nas paredes de drywall? Descubra com a Espaço Smart!

Como evitar infiltrações nas paredes de drywall? Descubra com a Espaço Smart!

parede sendo revestida com gesso resistente à umidade

As placas de drywall são materiais versáteis para instalação em paredes e tetos no drywall como também em alvenaria, oferendo um acabamento perfeito e uniforme. No entanto, em algumas situações, pode ocorrer de as placas molharem. Podemos citar como exemplo canos furados ou mal instalados, que resultam em vazamentos e, consequentemente, na umidade em sua parede de drywall.

Essa é uma situação difícil de ocorrer, mas para evitar ter que lidar com esses problemas e encontrar as melhores soluções, confira em nosso conteúdo as melhores dicas para evitar infiltrações nas paredes de drywall e descubra o que fazer caso você molhe a sua parede ou teto. Boa leitura!

Infiltrações no drywall: por que isso acontece?

Infiltrações em paredes de drywall podem acontecer por várias razões, e a maioria delas está relacionada à presença de alta umidade. Como, por exemplo, por problema de vazamentos de água provenientes de tubulações mal instaladas, encanamentos defeituosos, telhados com rachaduras e, em casos mais extremos, inundações e catástrofes ambientais.

Outro fator que pode acarretar manchas, inchaço, deformação e até mesmo o descolamento do material é a condensação causada por ambientes com alta umidade, como banheiros, cozinhas e áreas próximas a fontes de água. Por isso é importante utilizar a placa correta para o ambiente, em áreas úmidas, por exemplo, a indicação é que seja utilizada a placa RU, também conhecida como placa verde, projetada para uso em áreas com umidade.

O que fazer quando o drywall molha?

Independentemente de qual seja a fonte do problema de infiltração no drywall, devido à sua fácil instalação e também à remoção das placas da parede, resolver a questão em muitos casos torna-se uma tarefa bastante tranquila e rápida.

Em geral, após encontrar a fonte do problema e resolvê-la, é realizada a substituição da placa danificada. Confira algumas das etapas que devem ser seguidas quando o drywall ficar molhado:

1. Identifique e resolva a fonte da umidade

Vale a pena ressaltar que, o primeiro passo é identificar a origem da umidade e resolvê-la o mais rápido possível. Procure por vazamentos de água, problemas nas tubulações ou telhados danificados.

Quando identificados, faça a correção imediata da causa do problema para garantir e evitar futuros danos nas chapas.

2. Verifique a integridade do drywall

Verifique se a placa de drywall continua em boas condições. Se ela estiver deformado, inchado ou com sinais de danos irreparáveis, pode ser necessário a substituição dessas placas danificadas.

dois homens segurando uma placa de gesso acartonado

Em casos assim, o principal a se fazer é ter em mãos as medidas do local onde deverá ser feita a troca para garantir com precisão apenas a quantidade necessária para a substituição, evitando gastos extras.

Em casos de locais com umidade como lavanderias, cozinhas ou banheiros, é importante utilizar chapas de drywall resistentes à umidade, ou seja, modelos específicos para áreas com umidade. A aplicação de fitas de acabamento e massas adequadas para o sistema garantem uma instalação correta.

Confira: Como fazer uma parede de Drywall em 10 etapas

Se o problema for extenso ou se você não tiver experiência em lidar com danos causados pela água, busque ajuda de um profissional para garantir que o drywall seja tratado corretamente e a causa da umidade resolvida adequadamente.

Como proteger a placa de drywall da umidade?

Proteger as placas de gesso acartonado contra umidade é essencial, prevenindo danos e assegurando a longevidade da vedação das paredes e forros. Contratar profissionais qualificados é uma alternativa muito confiável, pois além de de garantir a instalação correta das tubulações, telhados e do próprio drywall, eles podem indicar os melhores materiais para cada ambiente, como é o caso da utilização das placas especiais para áreas úmidas.

ambiente revestido com placas de gesso RU

Além disso, é essencial um trabalho de impermeabilização adequada nas áreas úmidas, utilizando produtos impermeabilizantes indicados pelo fabricante.

Leia também: Revestimento para fachada: 5 opções para você apostar!

Pode impermeabilizar o drywall?

Antes de mais nada, é importante entender que o drywall por si só não é um material impermeável e que não pode se tornar à prova d’água. Porém, é possível sim impermeabilizar as placas para torná-las mais resistentes à umidade, isso é muito importante em áreas como banheiros.

Algumas formas de impermeabilizar o drywall é com a aplicação de produtos específicos diretamente sobre a superfície da placa para oferecer proteção da umidade, criando uma camada de proteção que ajuda a repelir a água.

Qual é a chapa de drywall resistente à umidade?

Além de todas essas opções, também é possível a utilização de chapa de gesso acartonado RU, ou placa de drywall verde, uma opção de placa resistente à umidade que possui aditivos em sua composição que o tornam bastante resistentes à penetração de água.

mão humana passando massa na placa de gesso resistente à umidade

O drywall verde recebe esse nome devido à coloração verde de sua superfície externa, que indica visualmente sua propriedade resistente à umidade. É ideal para uso em áreas propensas a contato com água, como banheiros, cozinhas, lavanderias e outras áreas internas onde a umidade é uma preocupação.

Apesar de ser mais resistente à umidade, a placa verde não é 100% impermeável e medidas adicionais de impermeabilização, em banheiros, ainda se torna necessária e não deve ser ignorada durante os passos de instalação.

Gostou deste conteúdo? Continue em nosso blog e confira os 5 melhores tipos de revestimentos de parede e aproveite para escolher os melhores modelos para o seu projeto!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Você pode gostar

Deixe um comentário