Home Aprenda Tudo o que você precisa saber sobre a Norma de Light Steel Frame

Tudo o que você precisa saber sobre a Norma de Light Steel Frame

Um resumo de tudo o que consta na ABNT NBR 16970 de Steel Framing. Vem conferir!

Tudo o que você precisa saber sobre a Norma de Light Steel Framing

A norma mais falada do momento está aqui! Confira os principais tópicos que ela trata.

Uma data histórica para a construção civil, no dia 25 de maio de 2022 foi aprovada a Norma Brasileira de Light Steel Framing, que regulamenta o sistema construtivo.

A ABNT NBR 16970, nomeada como Light Steel Framing: Sistemas construtivos estruturados em perfis leves de aço conformados a frio, com fechamento em chapas delgadas é composta por três partes:

Parte 01 – ABNT NBR 16970- 1:2022 – Desempenho

Parte 02 – ABNT NBR 16970- 2:2022 – Projeto estrutural

Parte 03 – ABNT NBR 16970- 3:2022 – Interface entre sistemas

 

Parte 1 – DESEMPENHO

Esta parte da norma define os requisitos para os componentes e desempenho do sistema Light Steel Framing. Além de determinar os usos para edificações residenciais e não residenciais de até dois pavimentos.

norma steel framing

Figura 1 – Desenho esquemático dos componentes do sistema light steel frame – Fonte ABNT 16970

Os principais requisitos tratados são:

Elementos de fundação:

Deve ser projetada seguindo as diretrizes de características do solo e do projeto estrutural. Atendendo aos requisitos de estanqueidade à fonte de umidade vinda do solo.

Componentes e elementos estruturais

Descreve sobre os tipos, especificações e requisitos mínimos de perfis utilizados no sistema steel frame. Também discorre que as fitas metálicas e chapas gusset terão suas dimensões definidas em projeto, mas devem atender aos mesmos requisitos de material especificados para os perfis.

Para realizar a união dos elementos construtivos do sistema são utilizados fixadores, eles garantem a junção perfeita sem sofrer deformações e rupturas. A norma determina os tipos de parafusos, locais de aplicação e os requisitos para os elementos de fixação.

Componentes de fechamento e revestimento da vedação vertical

São descritas as opções de materiais para vedações verticais internas e externas, detalhando os requisitos mínimos para cada tipo de material, que são:

Chapas de fibrocimento sem amianto;

Chapa de gesso para Drywall;

Chapa de gesso revestida com fibra de vidro;

Chapa de OSB (Oriented Strand Board);

Chapa de compensado;

Sidings (cimentício, PVC e OSB);

Basecoat;

EIFS.

Componentes de fechamento da vedação horizontal

Os elementos estruturais que compõe a base de piso e forros do sistema, devem seguir os requisitos de desempenho estabelecidos, estes componentes são as:

Chapas de fibrocimento;

Chapas de OSB;

Chapas de gesso para drywall;

Quando utilizado elementos de concreto para piso, devem atender aos requisitos mínimos estabelecidos por suas respectivas normas.

Isolantes

Os materiais isolantes contribuem para o desempenho termoacústico e a durabilidade. Eles podem ser utilizados em vedações verticais internas e externas, sistemas de piso e sistema de cobertura. Especificando os requisitos mínimos e as características para estes materiais, sendo eles:

 Banda Acústica;

 EPS e XPS;

Lã de PET;

Lã de Vidro;

Lã de Rocha.

Barreiras de vapor e umidade

É utilizada no sistema uma membrana que cria uma barreira para o vapor e umidade não entrarem na cavidade da parede. Ela deve atender as especificações e requisitos mínimos descritos.

Desempenho

As edificações residenciais e não residenciais devem atender aos critérios de projeto e normas da ABNT. Atendendo os requisitos para:

Sistema de estrutura;

Sistema de vedações verticais;

Subsistema de piso;

Subsistema de cobertura;

Durabilidade;

Manutenibilidade da edificação;

 

Parte 2 – PROJETO ESTRUTURAL

Esta parte da norma estabelece os requisitos gerais para projeto e dimensionamento das estruturas de aço que fazem parte do sistema.

norma steel framing

Figura 2 – Visão geral do sistema LSF e seus componentes – Fonte ABNT 16970

Princípios Gerais de Projeto

Explica características do sistema e sobre o alinhamento de painéis, além de:

Excentricidades toleradas

Estrutura de cobertura

Conceituação da estrutura LSF para cobertura

Requisitos do projeto

Avaliação de conformidade do projeto

Memorial de cálculo

Desenhos do projeto

Análise e dimensionamento da estrutura e seus elementos;

Materiais

Discorrido sobre as características do aço estrutural e materiais de ligação utilizados, como parafusos autobrocantes, autoatarraxantes e sobre barras e suas ligações.

Ancoragens da estrutura nas fundações

São utilizadas barras de ancoragem para fixação da estrutura na fundação, que são chamados de chumbadores. Esta fixação pode ser feita por ancoragens com adesivos químicos e ancoragem mecânica, as quais são descritas na norma;

Resistência e rigidez das contenções

Relaciona-se aos esforços resistentes de cálculo e as rigidezes mínimas de cálculo que as contenções laterais dos montantes ou outros elementos comprimidos e de vigas devem ter para que sejam efetivos.

Deslocamentos máximos

São descritos valores máximos de deslocamentos verticais, horizontais e sobre estabilidade lateral.

Vibrações em Pisos

Trata dos princípios básicos para realizar análises dinâmicas de estruturas de pisos que suportam lajes submetidas a ações induzidas por pessoas ou multidões. Tratando da avaliação simplificada para o caminhar de pessoas e critérios de aceitabilidade da resposta da estrutura em relação ao conforto na ocupação do piso.

 

Parte 3:  INTERFACES ENTRE SISTEMAS

Estabelece os requisitos e detalhes construtivos para interfaces entre os sistemas como entre
paredes e pisos, externos e internos, entre paredes e esquadrias, entre paredes ou pisos e instalações. A norma se aplica para edificações residenciais e não residenciais de até dois pavimentos.

norma steel framing

Figura 3 – Interfaces entre sistemas – Fonte NBR 16970

Interface entre sistemas de paredes

Para garantir um bom desempenho e durabilidade os projetos devem seguir os detalhes construtivos e interfaces entre os sistemas, que são:

Paredes e esquadrias;

Interface entre as paredes, instalações e fundação;

Interfaces entre sistemas mistos;

Interface entre parede e laje;

Interface entre fixações de elementos construtivos.

Interface entre sistemas de piso

Descreve sobre as características e a composição do sistema de piso.

Interface entre sistemas de forros

Descreve sobre as características e a composição do sistema de forro.

Interface entre sistemas de cobertura

Atenta-se aos detalhes de interface entre a cobertura e demais elementos relacionados ao sistema de cobertura.

Interface entre instalações prediais

Relata sobre interferências entre instalações prediais e elementos da estrutura que devem ser evitadas, explicando detalhes sobre as instalações de:

Gás;

Tubulações de instalações de água fria e quente, pluviais e de esgoto;

Instalações elétricas;

Instalações SPDA;

Instalações de ar-condicionado.

Fixação de peças suspensas

Explica as formas de fixações de objetos em forros e em paredes.

Tipos de fixação

Relata sobre os tipos e como devem ser as fixações na chapa de drywall interna, nos perfis de aço e nos reforços.

Ancoragens Especiais

Sistemas especiais de ancoragem devem utilizar fixadores e elementos estruturais que atendam ao dimensionamento.

Usos especiais

Discorre sobre a utilização do sistema de forma especial, como no revestimento de churrasqueiras, lareiras e ambientes agressivos;

Sistemas de impermeabilização

Detalhes sobre impermeabilização de áreas molhadas e molháveis.

Conheça mais sobre a norma em nosso Smart Talk, com Renan Hessel da Cunha: 

 

Com a aprovação desta norma, a construção civil no Brasil terá um importante avanço que contribuirá para um futuro mais sustentável para o setor, com menos impacto ambiental e maior eficiência energética.

A Espaço Smart contribui para a popularização do Steel Framing no Brasil, oferecendo produtos de qualidade para sua obra. Ficou com alguma dúvida? Fale com nossa equipe de atendimento no WhatsApp!

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Você pode gostar